Patrocinadores:
Apoio:
Apoio:
Patrocinadores:
Publicada em: 29 de junho de 2018

Vilson Charlat de Souza confirma presença na classificatória de Sapucaia

Primeiro ginete a vencer o Freio de Ouro participará da inauguração do Núcleo de Criadores que leva o seu nome

Foto: Divulgação/Centro Hípico de Sapucaia

A essência campeira e a docilidade do cavalo crioulo vêm conquistando todas as regiões do Brasil. Prova disso é a próxima classificatória ao Freio de Ouro em Sapucaia, no Rio de Janeiro, pela Região 8. A seletiva, marcada para acontecer entre os dias 5 a 8 de julho, terá transmissão exclusiva da sua final, às 9h, pelo Canal Rural, Lance Rural e Facebook do Freio de Ouro. A etapa vai selecionar mais 16 conjuntos (oito machos e oito fêmeas), para a grande final na Expointer, em agosto.

Será na terra dos cariocas que a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), em parceria com o Núcleo Vilson Charlat de Souza, receberá os ginetes e animais inscritos para as provas de Morfologia, Andadura, Figura, Esbarrada e Volta Sobre Patas, Mangueira, Campo e Bayard/Sarmento. Os 89 animais inscritos para esta etapa poderão entrar no Centro Hípico de Sapucaia na segunda-feira, dia 02/07, a partir das 8h.

“O gado já está apartado e tudo está preparado para receber a maior classificatória deste ciclo de 2018”, comenta André Machado, presidente do Núcleo e proprietário da Cabanha Don Diló, no Rio de Janeiro.

Mas para quem acha que as emoções acabam aí, não sabe o que está por vir! Uma presença ilustre estará presente na inauguração do Núcleo. Ele mesmo, que deu nome à entidade, Vilson Charlat de Souza, confirmou participação no evento! O ginete, o primeiro a vencer o Freio de Ouro, coleciona títulos nas provas mais importantes da raça crioula. Foram cinco Freios de Ouro, quatro Freios de Prata e dois Freios de Bronze no total.

Vilson Charlat de Souza – Foto: Divulgação/Blog do Freio de Ouro

“Minha história com o cavalo crioulo é com ele, que sempre foi uma referência como pessoa, ginete e família para todos envolvidos nesse meio. Ele é um exemplo de humildade, acima de tudo, e a sua conduta nos inspira dentro e fora de pista”, diz Machado.

E quem não conhece o momento mais famoso desse ginete vivido ao lado do rosilho Itaí Tupambaé, em 26 de maio de 1982, que garantiu o primeiro prêmio em uma das competições mais importantes da raça? As provas do Freio de Ouro eram extremamente algo novo naquela época, mas já emocionaram todos os apaixonados pela raça.  “Todo mundo queria ver o tão falado, mas pouco conhecido prêmio”, relata Vilson Charlat, em entrevista ao site da ABCCC.

Vilson Charlat com Itai Tupambaé, em 1982 – Foto: Agência RBS

O vitorioso Itaí, filho do maior reprodutor da história da raça, La Invernada Hornero, na égua Preciosa do Cinco Salsos, não ficou por muito tempo ao lado de seu ginete e de seu criador e proprietário, Oswaldo Pons. Com cerca de cinco anos, dois anos após marcar toda a história da raça crioula, Itaí morreu em decorrência de problemas alimentares.

Após o falecimento do garanhão, Vilson guardou o couro do animal – Foto: Blog Entre Mates e Guitarra

Já deu para perceber que essa classificatória terá muitas emoções!

Confira a programação completa do evento:

5 de julho (quinta-feira)

7h30min – Início do Exame de Admissão – Cat. fêmeas e machos (por ordem de colete)

9h30min – Encerramento do Exame de Admissão

10 horas – Julgamento Morfológico (fêmeas)

14 horas – Julgamento Morfológico (machos)

6 de julho (sexta-feira)

8 horas – Andaduras/Figura/VSP-Esbarradas (fêmeas)

13h30min – Andaduras/Figura/VSP-Esbarradas (machos)

7 de julho (sábado)

8 horas – Julgamento Prova de Mangueira (fêmeas e machos)

14 horas – Julgamento Prova de Campo (fêmeas e machos)

8 de julho (domingo)

9 horas – Fase Final (Mang/Bayard-Sarmento/Campo)

12 horas – Encerramento e entrega de prêmios

Por Bianca Sandrine | Canal Rural