Publicada em: 13 de maio de 2019

Uruguai seleciona quatro exemplares para a final do Freio de Ouro

Na pista de Montevidéu, no Uruguai, durante a Expo Otoño, 22 animais disputaram as oito vagas para a grande final do Freio de Ouro 2019, desde sexta-feira, 10 de maio. Após passar pelas etapas, foram conhecidos neste domingo, 12 de maio, três machos e uma fêmea que atingiram 18 pontos na média e classificaram à final da modalidade promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) na Expointer.

Entre os classificados está o atual Freio de Prata, Peñarol da Boa Vista, com o ginete Fábio Teixeira, primeiro lugar nos machos. Nas fêmeas o destaque ficou por conta da égua Pacífica Ta Pronta, guiada pelo ginete Gabriel Marty. César Hax, Luis Rodolfo Machado e Manuel Vanderlei Braz Gonçalves foram os responsáveis pela avaliação nas duas categorias, tanto fêmeas quanto machos, e a supervisão técnica foi de responsabilidade do superintendente do Setor de Registro Genealógico da ABCCC, Frederico Araujo.

O evento no país vizinho contou com a organização da Sociedad de Criadores de Caballos Criollos del Uruguay (SCCCU), que realizou também outras atividades durante a programação da Expo Otoño. O ciclo do Freio de Ouro tem o patrocínio de Massey Ferguson e Ipiranga e apoio de Chevrolet e Supra.

Confira o resultado 

FÊMEA

1ª Lugar
PACÍFICA TA PRONTA
GINETE: Gabriel Marty
MÉDIA: 18,467

MACHOS

1º Lugar
PEÑAROL DA BOA VISTA
GINETE: Fábio Teixeira
MÉDIA: 19,911

2º Lugar
DANZARINO DE LA COLINA
GINETE: Cláudio Fagundes
MÉDIA: 19,791

3º Lugar
DEL OESTE DO PURUNÃ
GINETE: Marcelo Móglia
MÉDIA: 19,740

Fonte: ABCCC