Publicada em: 13 de setembro de 2018

Roberto Jou fala sobre emoção de estar na final dos Jogos Equestres Mundiais

Confira a entrevista do cavaleiro, que compete nos Estados Unidos com o crioulo F5 Licurgo Tapajós

Estreante nos Jogos Equestres Mundiais (World Equestrian Games – WEG 2018), o cavaleiro Roberto Jou Inchaust falou à Revista Horse, que está fazendo a cobertura do evento com o apoio da ABCCC e do Canal Rural, sobre a emoção de ter conquistado uma vaga na final da competição, considerada a “Copa do Mundo do Cavalo”. Montando o Crioulo F5 Licurgo Tapajós, ele entra na arena no próximo sábado, dia 15 de setembro, para a decisão da modalidade individual de Rédeas e já está entre os 15 melhores competidores do mundo.

Confira a entrevista feita pelo repórter Marcelo Mastrobuono:

A dupla brasileira garantiu vaga na final ao alcançar a nota 221 na última quarta-feira, dia 12, quando fez uma excelente prova e deixou outros 62 competidores de diversos países para trás. E, além da habilidade demonstrada para os jurados na arena do Tryon International Equestrian Center, onde os jogos estão sendo realizados, na Carolina do Norte (EUA), F5 Licurgo, o “Loiro”, também vem chamando a atenção do público por sua beleza e características únicas, uma vez que é o único animal da raça Crioula participando da competição.

Roberto Jou e F5 Licurgo Tapajós (Foto: Clóvis Prates/Divulgação)

Além de Roberto Jou e F5 Licurgo Tapajós, outros dois conjuntos brasileiros disputam a final individual de Rédeas no sábado (15): Thiago Boechat, montando SG Frozen Enterpriz, e João Felipe Lacerda, com Gunner Dun It Again. Em entrevista à Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), Francisco Moura, presidente da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas (ANCR), elogiou os atletas e disse que é “muito emocionante ver nosso time estar entre os melhores do mundo”.