Publicada em: 23 de maio de 2017

Morre cavalo Pampa de São Pedro

Notícia triste para a comunidade crioula. O cavalo da GAP Genética, Pampa de São Pedro, morreu hoje, 23, com 14 anos. O animal sofreu um trauma na pata esquerda e como não respondeu aos antibióticos foi Internado no Hospital de Santa Maria durante quatro meses. Os veterinários Diego Palmas da Silva, Eduardo Silveira e Flávio de La Corte realizaram duas cirurgias para retirar o tecido necrosado e colocar um dreno. Como não conseguia apoiar a pata esquerda, acabou sobrecarregando a direita e piorando ainda mais a situação. Pampa lutou o quanto pôde, mas estava enfraquecendo e não resistiu.

Entre tantos prêmios, o Pampa de São Pedro foi ganhador do Bocal de Ouro 2009, Expointer Freio de Prata 2009, Expointer Freio de Ouro 2010 e FICCC Freio de Ouro 2012.

Genealogia:

Filho de Comediante “O Cavalo Motor”, é pai de nove Freios. Sua mãe Hornada, foi Terceira Melhor Fêmea da Expointer 2003 e finalista do Freio em 2001. É filha de Hornero X Atacama (preço recorde da São Rafael 2010) e também, avó de Siciliana de São Pedro (Grande Campeã da Expointer 2006). Tudo isto mostra a sua consistência genética e justifica produção.

 

Confira abaixo o recado que a GAP Genética publicou em suas redes sociais.

“Querido Pampa.

Hoje a campereada vai ser diferente.
A tranquilidade do horizonte nos faz lembrar teu temperamento.
O cair do sol, reflexos dourados de tua pelagem.
O silêncio, lacunas deixadas sem teu relincho
Hoje a saudades tomou o lugar da tua presença.

Obrigado. Estarás pra sempre vivo nas melhores lembranças da família GAP e na genética que agora pasta no chão que honraste tanto o nome. Descanse em paz.

Querido Pampa.”